O Graal .:. MG

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Relatório de Erinn Moonbane ~ O Caso da Imperatriz Sarah

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Erinn Moonbane

avatar
Membro
Membro
"A vila Kalahara. Pequena e com verões indescritivelmente quentes. Caso não tenha conhecimento, eu odeio profundamento o calor, logo, não estou gostando nem um pouco deste lugar. Também não gosto de vilas porque raramente possuem algo que me atrai, como grandes bibliotecas, joias e relíquias raras ou segredos ocultos. Porém o Clã dos Ladrões de Navarre é bem conveniente para mim e tenho que fazer essas missões tediosas.

O poderoso Trio de Navarre dessa vez estava incompleto e tive que seguir todo o caminho com aquele clérigo imprestável. Alem de entediado fiquei irritado, pois gracas a ele, me perdi incontáveis vezes para chegar nessa vila. Ao chegar la percebi que varias pessoas de outros clãs também estavam presentes e pareciam estar procurando algo. Ao perguntar para algumas pessoas nós descobrimos que haviam Ghouls rondando pela vila. As pessoas se espalharam, cada grupo ou pessoa fazendo as coisas do jeito que achasse mais conveniente, alguns com planos sofisticados e outros com coisas simples. Eu nao estava com vontade de caçar Ghouls, então permaneci parado perto dum grupo de guerreiros caso algo acontecesse. No meio das pessoas reconheci um ladino informante de Navarre (Yuuki), que se uniu ao grupo, porém estava desarmado. Nada acontecia e meu tédio só aumentava e quando pensei em dizer para desistirmos e irmos comer algo um ser encapuzado surgiu e sem nenhum aviso atacou."

Obviamente, eu fiz o que qualquer mago sabio faria: Corri e me escondi.

"Não fiz nada. Simplesmente porque não queria gastar mana e tinham tantos guerreiros atacando que o Ghoul seria derrotado logo, porém derrepente percebi algo, como se algo tivesse acendido na minha mente."

Eles não são Ghouls normais.

"Ao perceber isso me escondi entre varios corpos empilhados pelo Sanguinário e um outro Ghoul que surgiu. Eu comecei a sorrir ao perceber que algo interessante poderia acontecer e sorria ainda mais ao ver que minha teoria estava certa. Todos os golpes desferidos contra eles não surtiam efeito algum, provavelmente algum poderoso escudo mágico ou magia de imortalidade temporária. Uma maga apareceu e inteligentemente lançou uma magia para proteger os mortos, porém foi morta por um dos Ghouls que a atacaram de surpresa. Logo depois disso, os dois Ghouls amarraram os corpos - e eu - e carregaram por um longo caminho. Quando eles pararam, as peças finais do quebra cabeca se juntaram e, como eu previ, la estava a pessoa que estava fornecendo tamanho poder para os dois.

Por incrivel que pareça, a poderosa necromante que comandava aqueles dois era uma inocente garotinha de 5 anos, mas isso não me surpreendia muito pois as vezes acontece de criancas nascerem com um dom impressionante na manipulação do mana. Com apenas um pequeno movimento com as mãos os corpo viraram Ghouls sob o comando dela e depois ela começou a conversar com os Ghouls enquanto segurava um Bichinho de Pelúcia. Logo percebi a situação ruim em que eu me encontrava, ainda mais ao perceber que o clérigo Shiro e o ladino informante de Navarre tinham virado Ghouls. Percebi que não eram tão fortes quanto os outros dois, tinham virado apenas Ghouls normais. Estava pronto pra fazer o que sei fazer de melhor: Correr. Porém nao dei muita sorte.

Um dos recém transformados Ghouls percebeu que ainda havia um elfo no meio dos mortos e atacou ferozmente com sua espada. Instintivamente coloquei meu grimório recém pego sem permissão e chamado de meu na frente do golpe, fazendo com que o Ghoul não acertasse meu tronco, porem ele ainda acertou meu braço direito. O Ghoul achou que tinha conseguido me matar mas subestimou o mago errado. Ele faz ideia de quem ele estava mexendo?"

Nao vou virar carne podre igual voces.

"Pensei isso e sorri enquanto comecava a correr. Foi efetivo terem pensado que eu era fraco, isso atrasou aqueles Ghouls de me perseguirem. Olhava pra tras e via os Ghouls tentando me alcançar e isso ma fazia rir, porém o mesmo Ghoul que havia tentado me matar começou a correr em velocidade extraordinária, o que é estranho ja que Ghouls geralmente são lentos, e me alcançou em segundos, desferindo um segundo golpe com sua espada nas minhas costas, me atingindo em cheio. Nessa hora percebi que eu deixei de fazer algo muito importante. Usar Magias. Mas talvez ser um Ghoul não deve ser tão ruim assim. Fui arrastado até a mestra dos Ghouls, que depois de me transformar em um, comecou a brigar comigo como se eu fosse um animal de estimção que havia fugido. Perdi minha chance de fugir e trocar informações por tesouros magicos e perdi a chance de derrotar aquela necromante e pegar emprestado para sempre suas reliquias ou armas mágicas. Bom, que seja."


=============================Ghoul=========================================

"Quando me tornei um Ghoul, tudo que conseguia ouvir era uma voz dizendo 'Obedeça a sua mestra, a Imperatriz Sarah.' e uma enorme vontade de matar qualquer coisa viva me dominava, porem eu ainda tinha consciência e as vozes ficavam fracas quando a garotinha afastava. Mesmo ainda tendo parte da minha sanidade, meu corpo estava sob controle. Fiquei frustrado ao perceber que eu como um Ghoul nao poderia usar magias e os dois Ghouls lideres decidiram usar os magos, clérigos e desarmados como escudo ou isca. Sarah decidiu preparar uma emboscada para o grupo de sobreviventes e disse para esperarmos e só atacarmos ao seu sinal. Uma grande quantidade de Ghouls havia se escondido na floresta e estavamos prontos para atacar, quando derrepente Thingol, uma lenda viva entre os elfos, se revelou no meio dos sobreviventes e usou uma poderosa barreira. O grupo estava protegido por uma barreira divina que brilhava num tom dourado e ainda havia bloqueado o caminho da nossa emboscada. Depois de um longo tempo uma rota alternativa foi usada. Nós tentamos atacar, porém Thingol estava abençoando as armas com o poder sagrado e isso fez com que alguns Ghouls fossem destruídos rapidamente. Seguindo o chamado da Imperatriz Sarah, os Ghouls tentaram atravessar para o outro lado da barreira e acabou restando apenas eu e outros 2 Ghouls, um deles sendo o clérigo Shiro. Não demorou muito para que nos fossemos detruídos. Depois disso nossos corpos foram arrastados até a barreira e nós fomos então purificados e ressucitados por Thingol.

Como é bom ser humano novamente."

=================================================================================

"Finalmente conseguia mover meu corpo e pensar claramente de novo. Nunca mais serei um Ghoul, não foi divertido. Bom, eu não queria vingança, mas aquela era uma oportunidade ótima para tentar pegar as coisas da necromante sem ela ver, ela concerteza deveria ter algum grimório raro ou relíquias. Segui até a extremidade do circulo sagrado de Thingol e percebi o porque de não ter nenhum movimento. Havia uma outra barreira igual ao do Thingol, porém de pura magia negra. Conseguia sentir a energia de opressão e era nauseante só de ficar observando aquilo. Percebi então que não poderíamos ser atacados mas não atacaríamos também.

Logo ouço a voz de uma mulher ordenando para movermos a barreira e seguirmos a garota e seus Ghouls. Só então comecei a reparar as pessoas que se encontravam dentro da barreira. Havia uma humana chamada Riza que liderava o grupo. Ela possuía um ar imponente e parecia ser alguém que você não gostaria de mecher. Também haviam 2 magas, uma delas sendo uma Azuläe e alguns guerreiros que defendiam as exremidades da barreira caso algum imprevisto acontecesse. A perseguição continuava até que derrepente caímos em uma armadilha. Eu conhecia aquela magia, fascínio. Porém não podia fazer nada a respeito, aquela esfera era tão linda, dava vontade de roubar.

Enfim, depois que fomos pegos pela armadilha, Riza ordenou para todos se focarem no chão para não sermos pegos por outra armadilha visual. Depois de algum tempo a batalha iria continuar sob uma ponte. Foi então que uma ideia passou pela minha cabeça e acabei pensando alto."

Será que dissipar magia fundiona naquela barreira?

"Ao falar isso todos olharam para mim, entendendo o que eu queria dizer. Riza olhou para mim inconformada, falando por que eu não falei antes que eu poderia dissipar magias. Tanto faz, eu não estava interessado em ajudar, só queria ver o que iria acontecer e as relíquias que a garota usava. Nós então aproximamos a barreira e eu comecei a conjurar. Uma aura de energia se acumulava em minha volta enquanto concentrava meu poder nos versos."

"Revele, descubra, entenda,
Mostre para mim a verdade escondida
"
Identificar Magia!


.
.
.

"O gradioso brilho que me cercava sumiu e todos me olhavam confusos, até os Ghouls recuperaram um pouco da sanidade e olharam para mim sem entender."

Ah.

"Eu errei a página da magia. O que vocês querem, que eu saiba a ordem das magias desse livro recém emprestado para sempre? Enfim, Depois de Riza quase me jogar da ponte eu achei a página certa e comecei a conjurar. Sinceramente, que mulher bruta. A elfa Azuläe disse que me ajudaria e nós já estavamos terminando de conjurar quando derrepente Sarah apareceu na frente da barreira, com um olhar frio."

Vocês querem mesmo fazer isso? Vocês iram cancelar a própria barreira e se fizerem isso, meu brinquedinhos vão matar todos vocês.

"Era impressionante o olhar da garota. Dizia que no momento que nós terminassemos, morreríamos. Eu e a Azuläe não nos importavamos e estavamos prontos para desfazer as barreiras e deixar a guerra começar, a maga que estava dentro da barreira também já estava preparando magias ofensivas, porém as pessoas dentro da barreira decidiram não fazer isso. Essas pessoas estão com medod e alguns Ghoulzinhos? Obviamente eu iria ficar o mais longe possível, assistindo a apreciando o show e aproveitar o momento certo para cercar a garota necromante."

"Nada acontecia. Os Ghouls tentavam inutilmente avançar sob a barreira e nós ficavamos parados assistindo. Tédio. T-É-D-I-O. E também calor. Thingol já parecia cansado de ficar com a barreira ativa por tanto tempo e todos pareciam ter perdido as esperanças. Derrepente alguém surge dentro da barreira. Era Hawk, o lider da nossa guilda. Ele disse que precisava da ajuda de um clérigo e chamou Shiro e entregou uma poção de invisibilidade. A azuläe chamada Lithian se ofereceu, dizendo que tinha uma magia de reverter magias e poderia usar para voltar os Ghouls para quando eram humanos. Hawk viu isso como uma oportunidade para virar o jogo e dise para ela dar a volta até chegar no outro lado, enquanto ele e Shiro atravessariam entre os Ghouls enquanto invisiveis. Vários guerreiros se ofereceram para acompanhar a elfa e acabou que restou apenas eu, a outra maga, Riza e Thingol.

Derrepente a Imperatriz Sarah apareceu com um sorriso inocentemente maléfico, dizendo que todos tinham morrido. Tudo que pensei foi que eles são um bando de inúteis, mas Riza demonstrava claramente um desespero. Estavamos sozinhos agora, 4 contra infinitos Ghouls. A garota necromante conseguiu então lançar uma magia para capturar Thingol e desativar a barreira e novamente me tornei um Ghoul fedido, ew.

Tudo parecia perdido até que rapidamente um vulto surgiu de baixo da ponte. Era Hawk novamente. Fiquei impressionado com sua habilidade como ladino, ele conseguiu se posicionar na lateral da ponte e roubar um cajado prateado que estava na barreira de Sarah. Depois disso, a barreira foi defeita e a garota começou a perder seus poderes. Os Ghouls começaram a retornar a sua forma original e Sarah fugiu, sem poder mágico nenhum, sendo perseguida por Faëlon, um elfo da Ordem de Myuna. Fiquei na ponte e percebi que as relíquias mágicas eram na verdade os bichinhos de pelúcia da menina, mas agora não passavam de simples bonecos."

Ah. Já sei o que aconteceu.

"Deduzi que a garota na verdade estava sendo controlada por alguém poderoso. Segui o caminho com algumas pessoas e vi Faëlon consolando a garotinha e conversando com Hawk sobre o que fazer. Todos estavam presentes la e ouvindo a conversa descobri que ela e os dois Ghouls no começo eram na verdade Lichs, servos de um tal de Lich King. A garota não possuía memória do que havia acontecimento, mas eu estava muito frustrado. Fiquei com muita vontade de explodir alguma coisa depois disso. Tanto trabalho parano final não conseguir nenhuma coisa que seja. E eu ainda esqueci o Istoratelus em algum lugar, pelo visto terei que procurá-lo novamente e esperar pra ver se alguma coisa interessante irá acontecer."

"Aqui termina o relato dessa aventura. Infelizmente, não consegui obter a posse de nenhum item mágico, pedras preciosas ou magias secretas, mas sinto que algo grande começará em breve."

edit: corrigi o nome azuli para azuläe

Faelon

avatar
Membro
Membro
Quer dizer que a falta de conhecimento sobre o sistema de magias fez uma criancinha de 5 anos intimidar vocês? HOHOHO! Que cômico! x)

http://graal.forumeiros.net

Erinn Moonbane

avatar
Membro
Membro
É meio triste pro meu ego de mago saber que uma menina de 5 anos sabia mais que eu hsuahsuahsu

mas oq mais me intimidou foi que a Laura tava muito parecida com a Annie de League of Legends

Faelon

avatar
Membro
Membro
Quem é essa Annie?

E foi tipo saber mais mesmo, por que ela te trollou legal! Se vc usasse os alvos certos pra Dissipar Magia, vc teria conseguido. Mas tem um problema: Ela teria feito tudo de novo num piscar de olhos. Vc ia gastar mana à toa. xD

http://graal.forumeiros.net

Erinn Moonbane

avatar
Membro
Membro
Annie:
http://www.youtube.com/watch?v=kXRGuA2vgYk

A voz que a Laura tava fazendo e o jeito de agir tavam parecendo muito com a da Annie, até comentei com o Yuuki e ele falou que tinha pensado o mesmo xD

Ah, então meu plano realmente teria funcionado e ao mesmo tempo não teria hsuahsuahsu

Bb (Riza)

avatar
Membro
Membro
Só pra constar eu havia levado um grupo de guerreiros e dado a volta no circulo, logo eu não estava lá quando ficaram só quatro pessoas x.x'

thomasfplm

avatar
Membro
Membro
Nã que a ideia de dar a volta tenha dado lá muito certo.

Bb (Riza)

avatar
Membro
Membro
Não deu, mas eu não estava lá com cara de desesperada olhando os ghouls atacarem

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum